Atualizando a BIOS com Ubuntu

banner

Uma das primeiras coisas que faço ao comprar uma máquina nova é verificar no site do fabricante por novas versões da BIOS. E no caso da Dell, estas atualizações são arquivos .EXE que rodam sob o DOS.

Então, a pergunta é: como atualizar a BIOS pelo Ubuntu?

A resposta é: usando um pendrive com FreeDOS.

Na Wiki do Ubuntu existem outros tipos de procedimentos, mas este é o procedimento cuja idéia é mais simples e próxima do procedimento original (atualizar a BIOS via DOS).

E antes de iniciar, precisamos primeiramente saber qual é a service tag do computador, para depois então verificar se existe versão nova da BIOS.

Obtendo a versão da BIOS e a Service Tag

A Service Tag está salva na BIOS. Se você quiser consultar, precisa instalar o programa dmidecode, que retorna várias informações disponíveis na BIOS, incluindo a versão instalada.

Instale com:

sudo apt-get install dmidecode

Depois de instalar, consulta a versão da BIOS com:

sudo dmidecode -s bios-version

E consulta sua Service Tag com:

sudo dmidecode -s system-serial-number

Procurando por atualizações de BIOS

Agora com sua Service Tag em mãos, vá ao site de suporte da Dell, e localize a seção Insira a Etiqueta de serviço ou o Código de serviço expresso (Enter a Service Tag or Express Service Code). Entre com sua Service Tag e aperte Enter para enviar.

Na página de Suporte ao Produto (Product Support), clique em Drivers e downloads (Drivers & Downloads).

Depois clique na aba Encontrar sozinho (Find it myself). Clique para expandir a seção BIOS e então faça o download do arquivo clicando em Fazer download do arquivo (Download file).

BIOS Download

Salve o arquivo. Se estiver compactado, descompacte-o.

Baixe o FreeDOS

No site http://www.chtaube.eu/computers/freedos/bootable-usb/#download existem 3 imagens do FreeDOS disponíveis: uma para iniciar o FreeDOS via rede; uma para pendrives com tamanho entre 256MB e 2GB; outra para pendrives maiores que 2GB.

FreeDOS Download

Eu baixei o arquivo FreeDOS-1.1-memstick-2-2048M.img.bz2, que era a versão mais atual disponível para pendrives com mais de 2GB.

Óbvio, baixe a versão mais atual de acordo com o tamanho do seu pendrive.

Agora descompacte o FreeDOS:

tar -xvf FreeDOS-1.1-memstick-2-2048M.img.bz2

Gerando o pendrive com FreeDOS

Agora "espete" o pendrive no seu computador. E descubra qual é o dispositivo relacionado, rodando o comando:

lsblk

No meu caso, essa foi a saída do comando:

NAME   MAJ:MIN RM   SIZE RO TYPE MOUNTPOINT
sda      8:0    0   477G  0 disk 
├─sda1   8:1    0  93,1G  0 part /
└─sda2   8:2    0 383,8G  0 part /home
sdb      8:16   0  29,8G  0 disk 
└─sdb1   8:17   0  29,8G  0 part /var
sdc      8:32   1    60G  0 disk 
└─sdc1   8:33   1    60G  0 part /media/rael/HP v165w

Então, consigo ver que meu pendrive foi identificado como sdc.

Atenção: Isso vai variar de computador para computador. E anote o nome do dispositivo SEM O NÚMERO da frente. No meu caso, é sdc e não sdc1.

Vamos iniciar o processo de gravação da imagem no pendrive. Lembre de trocar o nome do arquivo FreeDOS de acordo com o arquivo que você baixou e também substituindo o nome do dispositivo associado ao pendrive (no exemplo abaixo sdc):

dd if=FreeDOS-1.1-memstick-2-2048M.img of=/dev/sdc bs=512k

Isso vai demorar um tempo.

Depois de terminar, vamos garantir que tudo foi salvo em disco rodando o comando sync:

sync

Agora remova o pendrive de modo seguro.

Copie a nova BIOS para o pendrive

Insira o pendrive novamente, e agora copie a BIOS baixada do site da Dell para o pendrive. Tenha certeza de copiar o arquivo descompactado (com a extensão .EXE).

Depois de ter certeza que o arquivo foi copiado, é hora de reiniciar o sistema.

Atualizando

Depois de reiniciar o sistema, tendo certeza que a BIOS está configurada para iniciar via USB, o syslinux vai exibir opções de inicialização (fdos, odin, memtest). Apenas aperte Enter para carregar a opção padrão (fdos).

Em seguida, você verá as seguintes opções para o FreeDOS:

1 - Load FreeDOS with JEMMEX, no EMS (most UMBs), max RAM free
2 - Load FreeDOS with EMM386 (Expanded Memory) and SHARE loaded
3 - Load FreeDOS including XMGR XMS-memory driver
4 - Load FreeDOS without drivers

Escolha a opção 4 - Load FreeDOS without drivers.

Agora liste os arquivos executando o comando dir:

dir

E a nova BIOS vai aparecer na lista, com a extensão .EXE.

Digite o nome do arquivo e aperter Enter: a atualização iniciará.

Aguarde até o procedimento acabar e voltar ao FreeDOS. Pronto, você pode remover o pendrive e reiniciar a máquina.


Como desligar o Wifi do Modem Arris TG862

banner

Novamente a Net trocou meu cable modem, e novamente vamos lá nós desabilitar o wireless dele para usar um roteador wifi dedicado.

Basicamente vamos repetir os procedimentos do outro post, desabilitando Wireless, DHCP e o NAT, fazendo com que o cable modem Arris atue apenas em modo bridge.

Antes de Começar

  1. Seu roteador wifi deverá estar ligado e corretamente configurado.
  2. Seu roteador wifi deverá estar conectado a porta 1 do Arris TG862.
  3. Seu computador deverá estar conectado a rede wireless do seu roteador wifi.

Desligando o Wifi do Arris TG862

A primeira coisa a fazer é abrir a interface web do Arris TG862, disponível em http://192.168.0.1.

Entre usando o usuário admin e senha password.

Basic Setup

Na aba Basic Setup:

  • Desligue o wireless
  • Clique em Apply.

Basic Setup

Wan Setup

Na aba WAN Setup:

  • Desligue o DHCP
  • Clique em Apply.

WAN Setup

Lan Setup

Na aba LAN Setup:

  • Desligue o DHCP Server
  • Mude Nat Mode para Bridged
  • Clique em Apply

LAN Setup

Reinicie

Reinicie seu roteador wifi para obter um novo IP WAN.

Pronto!

Desfazendo

Após modificar o Arris TG862 para o modo bridge, ele não irá permitir mais logins pela interface web: você ainda poderá ver a página de entrada, mas você não irá conseguir entrar (receberá a mensagem Invalid Username or Password!).

Se você precisar reverter o processo, ou esqueceu de algo, sem problemas: você pode resetar o Arris TG862 usando uma caneta, e pressionando o botão reset por 30 segundos. Isso fará com que ele volte as configurações fornecidas previamente pelo provedor de acesso.


Ubuntu 14.04 e 15.10 no Dell Precision M3800

banner

Recentemente adquiri um Dell Precision M3800, e abaixo reproduzo os passos para instalação/configuração do Ubuntu 14.04 e 15.10 no mesmo, utilizando um pendrive USB previamente criado com o instalador do Ubuntu.

UEFI

ATENÇÃO: Eu não possuo Windows 8/10 instalado na máquina, então configurei a BIOS sem UEFI. Se você precisa manter os dois sistemas, então precisará deixar UEFI ligado ou converter sua instalação para UEFI posteriormente.

Se você precisa manter UEFI, existem vários artigos por aí, incluindo a Wiki sobre UEFI do Ubuntu, que contém absolutamente tudo sobre como alternar entre um modo e outro, inclusive pós-instalação.

Então, ciente de que vamos desabilitar a UEFI e que isso te trará problemas se você tem Windows 8/10 instalado, vamos continuar.

Configurando a BIOS

Durante a inicialização pressione F2 para entrar na tela de configuração da BIOS.

Na aba Boot:

  • desabilite o Secure Boot;
  • coloque Boot List Options em Legacy;
  • em First Boot Priority selecione USB Storage Device como primeiro dispositivo a ser verificado durante a inicialização.

BIOS Setup

Instalando

Aqui algumas diferenças entre as versões.

14.04

Após iniciar o instalador, se você estiver no 14.04: não toque no touchpad (o instalador irá congelar). Use um mouse externo, faça todas as atualizações, e só depois de reiniciar (após as atualizações) use o mesmo.

15.10

Se ao iniciar o sistema com o pendrive você receber o aviso Failed to load COM32 file menu.c32, sem drama: aperte Tab e você verá as opções para iniciar. Digite live-install e continue.

Após iniciar o instalador no 15.10, mas antes de começar a instalar em si do Ubuntu, desligue o wifi via software (clicando no símbolo de wifi no topo e selecionando Disconnect). Não sei por que motivo, se a conexão à Internet estiver ativa, a instalação irá congelar.

Exceto esse detalhe, a instalação irá transcorrer sem problemas.

Pós Instalação

Notei alguns pequenos inconvenientes depois de instalar, em ambas as versões:

  • meu headset USB Logitech G330 não reproduz ou grava sons;
  • câmera (webcam) com a imagem muito escura;
  • wifi não reconecta após voltar do estado de suspensão (o famoso resume from suspend);

Felizmente, todos fáceis de resolver.

Headset USB

Para o headset USB, a solução é a mesma para ambas as versões: eu instalei os pacotes pulseaudio-module-jack e pulseaudio-module-zeroconf:

sudo apt-get install pulseaudio-module-jack pulseaudio-module-zeroconf

Webcam com imagem escura

Para arrumar a configuração de brilho e contraste é preciso instalar o guvcview:

sudo apt-get install guvcview

No 14.04, ele não vai funcionar direito (o programa abre, mas com a imagem toda preta), porque a versão inicialmente incluída na distro não suporta os kernels mais novos. Mas sem problemas, sempre existe um PPA pra isso:

sudo apt-add-repository -y ppa:pj-assis/ppa
sudo apt-get update && sudo apt-get upgrade

Inicie o guvcview pelo Dash, e agora arrume a imagem.

Wifi no 14.04

Para o wifi reconectar automaticamente, usando root ou sudo, crie um arquivo chamado /etc/pm/sleep.d/10_resume-wifi com o seguinte conteúdo:

#!/bin/sh

case "${1}" in
        resume|thaw)
        nmcli nm wifi on
                ;;
esac

Torne o arquivo executável:

sudo chmod +x /etc/pm/sleep.d/10_resume-wifi

Wifi no 15.10

Para o wifi reconectar automaticamente, eu segui o roteiro desta resposta do StackOverflow:

Usando root ou sudo, crie um arquivo chamado /etc/systemd/system/wifi-resume.service com o seguinte conteúdo:

[Unit]
Description=Local system resume actions
After=suspend.target

[Service]
Type=oneshot
ExecStart=/bin/systemctl restart network-manager.service

[Install]
WantedBy=suspend.target

Depois execute o seguinte comando para habilitar o serviço:

sudo systemctl enable wifi-resume.service

Ver todos